sábado, 25 de maio de 2019

OUTONO



quinta-feira, 23 de maio de 2019

VISCONDE DE MAUÁ








Lá nos anos 70/80, Visconde de Mauá entrou no circuito dos lugares mais "transados" do país, assim com Búzios (RJ) e o Arraial d'Ajuda (BA).
No alto da Serra da Mantiqueira, junto ao Parque Nacional de Itatiaia, nas divisas de SP, RJ e MG, Mauá teve no psicanalista Roberto Freire, autor do livro "Ame e dê Vexame", seu maior divulgador.
E lá fomos nós. Saímos do Rio, desembarcamos em Resende e lá tomamos um busão com muitíssimos quilômetros rodados para subir a serra, numa estradinha de chão batido. No meio do caminho, uma parada num bar/alambique, onde quase todos os passageiros beberam uma pinga, purinha. Era inverno, e fazia frio.
No dia seguinte, caminhada montanha acima. Em Maromba, o último lugarejo, junto à famosa cascata do Escorrega, surpresa: o bar Breton, com poesias e textos do poeta e filósofo surrealista francês André Breton nas paredes. No cardápio, uma cerveja chamada Black Princess.
Hoje a cerveja, fabricada em Teresópolis, já pode ser comprada nos supermercados do RS. É muito boa.
Mas para quem curtiu Mauá naquela época tem um sabor especial.

terça-feira, 21 de maio de 2019

E O SEU HERMES COMPROU UMA ARMA


Dono da farmácia Petrópolis, o seu Hermes era o farmacêutico, o enfermeiro e o médico do bairro. Pessoa boníssima, sabia qual o remédio mais indicado, aplicava injeções, dava conselhos. 
Um dia, assaltaram a sua farmácia, na esquina da avenida Protásio Alves com a rua Santos Neto. Depois, assaltaram de novo. E novamente. 
Aí Hermes Toledo, um homem calmo, a vida resolvida - a mulher tinha um salão de beleza, o filho cursava faculdade - decidiu comprar um revólver. Fez curso de tiro, registrou a arma, colocou na gaveta. Quando os assaltantes chegaram, ele atirou. Um deles foi levado para o Pronto Socorro, onde morreu. Além da pistola que que tinha na mão, havia outra,na bota.
Os dois comparsas fugiram, mas dias depois voltaram, com outros companheiros, para dar o recado: "nós vamos te apagar". Desciam do ônibus, atravessavam a rua, chegavam na porta, faziam ameaças e sumiam. Além disso, respondeu a processo por assassinato.
O seu Hermes perdeu a calma, a paz. Passou a sofrer de insônia, depressão, se tornou um homem nervoso, paranoico. Em meio ano, sua vida estável e tranquila acabou. Fechou a farmácia, foi internado em clínica psiquiátrica.
Apareceu um câncer, e ele acabou morrendo. 
Nos meus tempos de repórter de polícia na sucursal do jornal O Globo entrevistei o então chefe de Polícia, delegado Frederico Eduardo Sobbé, sobre a questão do porte de armas. O que ele me disse ficou gravado na minha memória. "Os assaltantes não têm nada a perder, e em geral estão drogados. Mesmo que você saiba atirar, sempre vais vacilar antes de tirar a vida de alguém. Eles, não."




sábado, 11 de maio de 2019

QUINTANARES



Que tipo de poesia fazia Mário Quintana?
  Um dos seus melhores amigos, o também poeta Manuel Bandeira, definiu: quintanares. 


POEMA DE CIRCUNSTÂNCIA

Onde estão os meus verdes?
Os meus azuis?
O Arranha-Céu comeu!
E ainda falam nos mastodontes, nos brontossauros,
nos tiranossauros,
Que mais sei eu...
Os verdadeiros monstros, os Papões, são eles, os arranha céus!
Daqui
Do fundo
Das suas goelas
Só vemos o céu, estreitamente, através de suas empinadas
gargantas ressecas.
Para que lhes serviu beberem tanta luz?!
Defronte
À janela onde trabalho
Há uma grande árvore...
Mas já estão gestando um monstro de permeio!
Sim, uma grande árvore...Enquanto há verde,
Pastai, pastai, olhos meus...
Uma grande árvore muito verde...Ah,
Todos os meus olhares são de adeus
Como um último olhar de um condenado!




CARTAZ PARA A UMA FEIRA DO LIVRO

Os verdadeiros analfabetos são os que aprenderam a ler e não lêem.


O PIOR

O pior dos problemas da gente é que  ninguém tem nada com isso.

A AMIGA

Ele chegou ao bar, pálido e trêmulo. Sentou-se.
- Por enquanto, nada - desculpou-se ao garçom. Estou esperando uma amiga.
Dali a dois minutos, estava morto.
Quanto ao garçom que o atendeu, esse adorava repetir a história, mas sempre acrescentava ingenuamente:
- E até hoje a "grande amiga" não chegou.

A ESFINGE

Na volta da esquina encontrei a esquina. Petrifiquei-me. Ela me disse então, olhando-me nos olhos: 
- Devora-me ou decifro-te.

CAMUFLAGEM

A esperança é um urubu pintado de verde.

PENSAMENTO PARA O TEU ANIVERSÁRIO

Nem todos pode estar na flor da idade, é claro!
Mas cada um está na flor de sua idade.

TEMPO

Coisa que acaba de deixar a querida leitora um
pouco mais velha ao chegar ao fim desta linha.

DA MODÉSTIA

A modéstia é a vaidade escondida atrás da porta

IDEIAS

Não sou desses que um dia pensam uma coisa e
no outro pensam outra coisa muito diferente. Eu
penso as duas coisas ao mesmo tempo. Duas ou mais.
Não tenho culpa se sou ecumênico.

NOTURNO

Atenção! O luar está filmando...

IMAGEM

O gato é preguiçoso como uma segunda-feira

PARA QUE SERVE UM CACHORRO?

Um cachorro serve para a gente falar sozinho.
Que o digam estes errantes vagabundos, a quem pode 
faltar tudo, menos um cachorro.E estas velhinhas que
 ficaram sem família. E os meninos que nunca tiveram
infância.

DOIS VERSOS PARA GRETA GARBO

O teu sorriso é imemorial como as Pirâmides
e puro como a flor que abriu na manhã de hoje.







Foto de Dulce Helfer